Após 3 Dias de Provas no Campeonato Mundial de Parapente em Monte Avena na Itália.

Jul 06, 2017 1 Comment by

Inscrição e cerimonia de abertura com mais de 48 países desfilando pelas ruas de Feltre na Itália, a equipe brasileira começa o 15º campeonato Mundial de Parapente em Monte Avena, marcando presença em todos os dias no Goal, Cristiano Ricci, Rafael Saladini, Deonir Spancerski e Erico Oliveira estão se mantendo e chegando no GOAL, uns atrasados outros bem, mas o importante é que estão somando e fazendo com que a evolução dentro do campeonato exista e a cada prova a confiança aumente, motivando cada um e fazendo o trabalho… Chegar no Goal!… Primeiro dia de prova e o Team Leader Bruno Menescal e seu assistente Sergio Kawakami, fazendo cada um o seu trabalho seja na reunião diária com a organização ou no dia a dia com a equipe.

Prova 1 e mudança de rampa… Deslocamento para o Monte Rubbio em Bassano e Race to Goal de aproximadamente 78km com todos os pilotos brasileiros no Goal, prova vencida pelo françês Pierre Remy.

19620124_1613971958613202_4695829933572845812_o

ins Inscrição.

19748634_1613971185279946_4948038400197662801_n

b7 Cerimonia em Feltre.

b24 Briefing de Team Leader.

P 1 Geral Na cara da rampa no primeiro dia de prova.

start p1 Abertura do START… Erico Oliveira.

Remy Goal 1 Chegada no Goal na Prova 1.

Remy Goal 3 O VENCEDOR Pierre Remy da França.

Rafael Goal Rafael Saladini 19º na Prova 1.

Rafael Goal 3 Chegada no Goal.

Rafael Goal 4 Começando bem o Mundial em Monte Avena.

Deonir Goal Deonir Spancerski

Deonir Goal 2 Chegada no Goal OFICIAL em Bassano.

Deonir Goal 3 Brasileiros no primeiro dia de prova no Goal.

Erico P 1 Decolagem na rampa de Monte Rubbio em Bassano | Erico Oliveira.

Erico Goal 1 Goal no pouso OFICIAL em Bassano.

Vermelho P 1 - 0 Cristiano Ricci “Vermelho” decolando em Monte Rubbio em Bassano, no posicionamento do START a galera que estava junto saiu, ele ficou em duvida, ele tinha configurado errado seu eletrônico e retornou, no final ele tinha feito, mas na duvida não correu o risco, se atrasou mas chegou no Goal.

Vermelho Goal 2 Chegada no Goal OFICIAL em Bassano.

Vermelho Goal 3 Cruzando a faixa atrasado…

Vermelho Goal 4 Mas fechou o tempo e GOAL.

Segundo dia de prova retornamos a Monte Avena com um Race to Goal de 93.3km, mais uma vez a equipe brasileira no Goal entrando no End Speed Section entre os 20 Rafael Saladini e Erico Oliveira… Atrasados Deonir Spancerski e Cristiano Ricci que mais uma vez se deu mal ao retornar de um pilão que não havia feito, se atrasou e no final cruzou a faixa mas houve uma penalização pois após o End Speed Section ele não finalizou um pilão de segurança mas cruzou a faixa.

Hoje PROVA 3 um Race to Goal de aproximadamente 118km, com uma condição fraca na cara da rampa… Galera se posicionando nas montanhas e escalando ela, dia dificil e quase 2 horas para fazer 50km… Na rota um CB explodindo e inicio de chuva… Organização INTERROMPE a prova.

Prova 3

RESULTADOS do Campeonato Mundial em Monte Avena | Itália 2017.

 

Parapente

Sobre o Autor

Instrutor de Asa Delta e Parapente pela Associação Brasileira de Voo Livre "ABVL" e Paramotor pela Confederação Brasileira de Paramotor "CBPM" e APPI PPG.

One Response to “Após 3 Dias de Provas no Campeonato Mundial de Parapente em Monte Avena na Itália.”

  1. noralba says:

    quisiera saber cuantos paises participan y con cuantos participantes

Comente!